O papel do gestor de Recursos Humanos é altamente valorizado pelo mercado de trabalho, uma vez que a eficiência na gestão de RH é crucial para garantir a sustentabilidade da empresa em um ambiente tão competitivo. Esse profissional é responsável por acompanhar as tendências do mercado, oferecer treinamento e desenvolvimento pessoal aos colaboradores, gerenciar o clima organizacional e manter a equipe motivada para alcançar os objetivos da empresa.

Qual é a função do gestor de RH?

A função do profissional responsável pela gestão de Recursos Humanos passa, também, pela gestão de atividades dessa área específica. Confira as atribuições principais desse especialista em RH:

Recrutar e selecionar

Cabe ao líder de Recursos Humanos supervisionar as atividades de recrutamento e seleção, a fim de assegurar que o processo atenda às metas da empresa para aquisição de novos talentos e a retenção dos mesmos.

Capacitar e treinar

Outra responsabilidade crucial é gerenciar e promover programas de treinamento e desenvolvimento, colaborando para a entrega dos resultados esperados. Para ter sucesso nessa missão, é fundamental compreender as metas da organização.

Benefícios e salários

Não se resume apenas a contratar de forma eficiente e capacitar os funcionários, é importante também mantê-los na empresa. Por isso, é responsabilidade do gerente de Recursos Humanos elaborar um plano de remuneração e benefícios que possa reter os colaboradores, motivando-os e alinhando as condições do negócio com as do mercado.

Carreira

É, também, responsabilidade do gestor de RH o traçado de planos de carreira para cada um dos colaboradores. Para tanto, é preciso compreender de que modo cada funcionário tem sua capacitação e a significância para os resultados do empreendimento.

Qual é a formação necessária para ser gestor de RH?

Para aqueles que desejam ingressar na área de Recursos Humanos, é importante compreender que se trata de um setor que trabalha com pessoas e que engloba diversos processos específicos e diferenciados. Por isso, é essencial pesquisar sobre as diferentes dimensões da profissão e encontrar a área específica de interesse.

Existem várias opções de especialização em Recursos Humanos disponíveis. O primeiro passo é obter uma graduação na área. Além do curso de Gestão em Recursos Humanos, existem várias alternativas que podem fornecer a base para começar a carreira, como Administração, Psicologia, Pedagogia e até mesmo Direito.

Além disso, existem cursos técnicos específicos em relações públicas e gestão de recursos humanos, que podem ser uma boa opção para quem está iniciando na carreira.

Cursos específicos

De modo geral, nesta área, o que se destaca é a pós-graduação que seguem para os cursos de MBA, focando em desenvolvimento da capacitação de um gestor de RH. Há muita divulgação para aqueles que desejam seguir essa área profissional, com o MBA em:

  • gestão estratégica em recursos humanos;
  • gestão de negócios;
  • executivo empresarial em gestão de pessoas;
  • gestão de pessoas;
  • comportamento organizacional;
  • gestão de pessoas e tecnologias.

Durante a carreira de RH, é imprescindível que se prossiga em desenvolvimento e na busca de formação extra. Os cursos com ênfase em relacionamento com sindicatos, lideranças, treinamentos sobre a seleção e recrutamento, bem como participação em eventos de RH, são interessantíssimos para o setor. O ideal é sempre se manter em atualização.

Qualidades de quem gerencia a área de recursos humanos precisa ter

Nos últimos tempos, o perfil do líder de Recursos Humanos tem passado por mudanças significativas. Antes, era suficiente ter conhecimento apenas dos processos administrativos. Atualmente, é crucial ter uma compreensão abrangente de todas as dimensões envolvidas na empresa.

Isso se deve ao fato de que o gestor de Recursos Humanos precisa se destacar como um profissional capaz de prever tendências e ter um pensamento estratégico. É sua responsabilidade engajar e motivar a equipe, buscando soluções que promovam o desenvolvimento dos indivíduos que fazem parte da organização. Por conseguinte, espera-se que o gestor de RH cumpra os seguintes critérios:

Domínio da gestão de pessoas

Isto quer dizer que esse profissional deve ser capaz de acompanhar as mudanças do mercado, bem como as tendências da sociedade para não ficar obsoleto. Só dessa maneira, haverá a possibilidade de preparação para que o time dos colaboradores contorne os obstáculos do dia a dia, conquistando resultados que tragam satisfação.

Ter uma boa comunicação

Essa habilidade é essencial para que um profissional de RH supra as necessidades das empresas. Para tanto, não é suficiente apenas saber como se expressar e ter uma boa oratória. Há a necessidade de dispor de uma escuta ativa para que possa fazer a conciliação do interesse da organização e de seus colaboradores.

Ser resiliente

Por se tratar de uma função totalmente dinâmica, espera-se que quem atua na área de Recursos Humanos tenha adaptação rápida a novas situações e seja resiliente, ou seja, tenha habilidade para se recuperar rapidamente de situações difíceis. Tal competência é um dos critérios mais requisitados para profissionais dessa área.

Busque o autoconhecimento

É importante que todos os funcionários busquem constantemente o autoconhecimento, e isso inclui os profissionais que atuam no RH. É necessário fazer perguntas e reflexões para desenvolver habilidades emocionais que são essenciais para essa ocupação.

Este autoconhecimento torna o gestor de RH confiante para a tomada de decisão com consciência.

Além disso, ele poderá traçar planos e metas mais realistas não só para si mesmo, mas também para os demais colaboradores.

Se você se interessou pelas informações e quer seguir carreira na área de recursos humanos, não deixe de seguir essas dicas. Mantenha-se atualizado e busque por especializações.